VIVA HISTÓRIAS REAIS

 

 

IMG_8480

Há várias coisas que me inspiram a escrever sobre as coisas que eu sinto e vivo, ultimamente o meu ponto de inspiração foi o livro de cronicas que eu li do Ique Carvalho – Trago seu amor de volta sem pedir nada em troca.

O Ique relata várias histórias que ele viveu junto com pai entre outras da sua vida amorosa. Esse sem duvidas foi um dos livros que mais mexeu comigo e me fez refletir sobre a vida e como a vivemos. Para quem gosta de histórias escritas com o coração, esse é o livro que eu indico para vocês.

Foi difícil não me emocionar com cada pedacinho desse livro, e para vocês terem noção do que eu estou falando, hoje deixo um dos textos que eu mais gostei.

SE VOCÊ AMA

Eu queria que as pessoas parassem de fugir toda vez que eu digo: “Eu gosto de você”.

Que parasse de fugir toda vez que eu ligo e pergunto: “Vamos sair?”

Eu queria que as pessoas parassem de se preocupar com o que os outros vão dizer sobre sua roupa, sobre seu cabelo, sobre o seu sapato.

Eu queria que elas se preocupassem mais com as cicatrizes do seu coração partido.

E se abraçassem mais no frio.

Eu queria que as pessoas parassem de mentir.

Não tem mistério. Se você ama, não engana. Certo?

Eu queria que parassem com essa bobagem de falar que tem de ter coragem para amar.

Não, não e não. Para amar, basta sonhar e acreditar.

Eu queria que as pessoas parassem de usar o medo como fuga para não se envolver.

Apenas mais uma desculpa para desaparecer.

Eu não sei como, e não sei por quê.

Eu queria entender: Como você foge de alguém que ama você?

Pois é. No fundo, todo mundo sabe.

A razão foge. O coração se envolve.

Eu queria que parassem de dizer: “Você é a pessoa certa, mas no momento errado”.

Esse blá-blá-blá não dá mais para escutar.

Sempre as mesmas desculpas no ar.

Eu queria mais sinceridade neste mundo cheio de vaidade.

Queria que não precisasse existir uma campanha “Não use maquiagem”.

Que bobagem.

Você usa e faz o que quiser. A liberdade é que faz de você uma mulher.

Eu queria que as pessoas valorizassem mais o outro.

Em vez do corpo.

Eu queria que as pessoas parassem de ir atrás de quem foi embora, fechou a porta.

E jogou a chave fora.

Eu queria que as pessoas se olhassem no espelho e gritassem: “EU AMO VOCÊ!”

A plenos pulmões novamente: “EU AMO VOCÊ!”

Eu queria que as pessoas fossem mais que um caso de uma noite.

Que só valeu a pena se tiver terminado na cama.

Eu queria que as pessoas se abraçassem mais.

Que transassem com intimidade.

Que trocassem olhares em vez de mensagens.

Eu queria um mundo com mais sussurro no escuro.

Eu queria que você me ligasse para dizer: “Quero te ver agora. Vamos. AGORA.”

Não importa a hora.

Queria que as pessoas gostassem mais umas das outras.

Que se apaixonassem pelo jeito e não julgassem os defeitos.

Ninguem é perfeito.

Eu quero que no último dia da sua vida você possa sorrir e dizer: “Eu fiz tudo o que eu queria fazer.”

A vida vai passar. Atrasar o relógio não faz o tempo voltar.

Então não deixe aquele momento perfeito ser arruinado pelo medo.

Arisque. Não pare.

A vida é uma, é sua.

Espero que entenda:

Se você ama, então vá. Se envolva.

E, se for possível, escreva isso bem grande no seu espelho.

Para você e para o mundo inteiro.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s